BullyngDoenças Raras

Menina com síndrome rara ensina à família que é um presente de Deus

Menina com síndrome rara ensina à família que é um presente de Deus

Karunia é uma menina que nasceu, no leste da Indonésia, com síndrome de Apert.

Essa condição congênita rara faz  com que a menina tem uma aparência física incomum. Em razão dessas diferenças a menina  já enfrentou bullying e preconceito.

Infelizmente, onde  Karunia vive as pessoas não sabem lidar muito bem com as diferenças, com isso ela recebeu muitos olhares e comentários ofensivos. Algumas crianças na aldeia onde ela mora chegaram a chorar quando passaram a vê-la com frequência.

A aceitação

Angel, mãe de Karunia, Angel, conta que no início da vida da menina, Karunia sofria de dores, febre alta, falta de ar e transpiração excessiva

O apoio da igreja local foi fundamental para a aceitação da menina, os pais dela foram ensinados a dar graça por receber a pequena Karunia em suas vidas, e com isso passaram a perceber a dádiva.

Eu sou linda como minha mãe”, exclama atualmente a pequena Karunia: “Quando fui ridicularizada por não ter dedos normais, minha mãe me ensinou a dizer que isso foi o que Jesus me deu.”

Karunia não só aprendeu como ensinou a sua família e amigos sobre autoaceitação, e possui uma verdadeira gratidão por tudo o que acontece na vida.

A mãe da jovem, afirmou que sua filha a ensinou a ser uma mulher mais forte em Deus: “Ela é minha própria carne e sangue, e temos que cuidar dela enquanto Deus nos der vida, porque Deus tem um propósito para ela!”, acredita.

A superação

Karunia está mudando a mentalidade de sua comunidade e enfrentando o bullying. E para todos que a conhecem, ela realmente é um presente de Deus.

Deixe-nos saber o que achou, porque sua opinião é muito importante para nós.

Fonte:https://www.portaldotrono.com

Veja mais:

Mãe desabafa: “Meu filho foi agredido porque tem Down”

Extraordinário da vida real: Menino que já fez 18 cirurgias supera bullyng dando palestras motivacionais


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar