Lis, a segunda gêmea siamesa, separada por cirurgia inédita, que estava internada na UTI, recebeu alta da unidade de terapia intensiva, ontem, uma semana após sua irmã Mel.

No momento, as irmãs são vizinhas de berço. As irmãs puderam ficar juntas lado a lado, um mês após a cirurgia. Elas já haviam se encontrado  anteriormente quando Mel, teve alta.

Segundo a mãe das meninas de 11 meses, Camila Vieira, está sendo maravilhoso. Foi o momento que ela tanto esperou. Mais de um ano esperando esse momento em vê-las jutas mas separadas, é uma coisa de outro mundo, é outra sensação.

O procedimento de extrema complexidade realizado nas gêmeas foi dividida em 36 etapas, entre as 6h30 do dia 27 e as 2h30 de 28 de abril. A cirurgia foi chefiada pelo neurocirurgião Benicio Oton de Lima e contou com especialistas norte-americanos.

O sucesso foi intensamente comemorado pelos pais das crianças e pela equipe do Hospital da Criança de Brasília. As gêmeas, que completam 1 ano em 1º de junho, estão em tratamento no centro especializado desde que tinham apenas 2 meses.

“A gente ainda tem uma longa batalha. São dois bebezinhos de novo. O apoio que elas tinham para ficar em pé, para engatinhar, hoje precisam fazer sozinhas. Então, é uma longa batalha de fisioterapia, mas elas são duas guerreiras”, garante a mãe.

Cirurgia

Os casos de gêmeos siameses são bastante raros e, entre eles, os unidos pelas cabeças são ainda mais incomuns. Na literatura médica internacional, a situação das brasilienses é a 10ª em que houve indicação para a realização da operação. “Será a primeira e a última vez que farei uma cirurgia destas”, afirmou o neurocirurgião Benicio Oton de Lima. Apenas um em cada 2,5 milhões de nascimentos é de craniópagos.

Deixe-nos saber o que achou, porque sua opinião é muito importante para nós.

Fonte:  http://www.sonoticiaboa.com.br
Foto: Reprodução  / Hospital da Criança de Brasília

Veja mais:

Recebe alta da UTI uma das gêmeas siamesas separadas em Brasília. 

Gêmeas siamesas são separadas no Distrito Federal, confira o passo a passo

 

 

 


Recebe alta da UTI, Lis, a segunda gêmea siamesa separada por cirurgia inédita


Post navegação


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *