Geral

Presidente da Caixa tira dúvidas sobre o auxílio emergencial

Presidente da Caixa tira dúvidas sobre o auxílio emergencial

Muita gente ainda tem dúvida sobre o auxílio emergencial, o Presidente da Caixa sanou muitas das dúvidas. Quantos brasileiros já se cadastraram no programa e quantos já receberam o benefício até o momento?

“Já pagamos semana passada 2 milhões e meio de brasileiros que estavam no CadÚnico fora do bolsa família, estas pessoas não precisaram se cadastrar, porque fazem parte do grupo de cadastro que nós já temos e 6,6 milhões de brasileiros receberam nesta semana ainda deste grupo, ou seja, CadÚnico fora do bolsa família, nós pagaremos mais de mais de 9 milhões de brasileiros, o que no´nós temos é um segundo grupo de informais, microempreendedores individuais que nós já temos mais de 33 milhões de pessoas cadastradas e vamos começar a pagar nesta semana, mas esta base dados a Caixa ainda não recebeu do Ministério Da Cidade e da DataPrev, deveremos começar a receber hoje e daí vamos pagar nesta semana a partir de quarta-feira recebendo essa base. Entretanto, ainda temos o terceiro grupo que é grupo do Bolsa Família que vamos começar a pagar ao redor de 1 milhão e 400 mil pessoas na quinta-feira, então são os 10 últimos dias do mês que dá ao redor de 14 milhões de pessoas e também nesta quinta-feira começamos a pagar. A caixa vai pagar mais de 9 milhões de brasileiros fora os informais, e ainda temos ao redor de 30 milhões que se se cadastraram na semana passada e o DataPrev está analisando, para poder enviar a Caixa Econômica Federal”, explica o Presidente da Caixa.

O caminho para solicitar o benefício é acessando o site ou baixando o aplicativo, mas para quem não tem condição de fazer isso, não tem um filho, não tem um neto que possa ajudar, não tem uma pessoa que tenha internet, como esta pessoa pode solicitar esse benefício?

“Somente existe dois caminhos, o site oficial da Caixa Econômica Federal, auxilio.caixa.gov.br, qualquer outro site é falso, é fraude, somente esses site pode receber e o segundo é um aplicativo que também é auxílio emergêncial do governo federal, qualquer outro aplicativo é fraude, então somente esses dois caminhos, o terceiro ponto é a central telefônica 111 e lá a população pode tirar dúvidas, quando você não tem acesso nem a um aplicativo celular, nem a um site de internet, nós recomendamos as associações de bairro, nós temos tido uma participação muito grande em especial em lugares de interior, na parte do norte e nordeste, este é o melhor caminho, o mais eficiente, até porque essas associações estão concentrando o número maior de pessoas, daí temos uma comunicação mais fácil”, comentou o Presidente da Caixa.

Não é possível sacar o dinheiro total do benefício de uma vez, porque?

“Quando você recebe em uma conta já existente da Caixa ou do Banco do Brasil, você pode sacar, o que acontece é que vamos depositar em contas digitais e nestas contas digitais vai ter um pouco de demora pra sacar, porque vamos depositar nessa semana provavelmente mais de 10 milhões de brasileiros, em especial os informais que ainda vamos receber totalmente essa base de dados e se nós depositarmos já tudo de uma vez, teremos uma corrida na caixa ou nas lotéricas e isso é algo que neste momento na questão da saúde pelo fato do Covid-19, devemos evitar, então o importante é o seguinte, quando depositarmos, sim o cliente pode fazer uma transferência integral do valor, ou seja, via DOC, se o cliente ou trabalhador quiser transferir 100% do seu valor para uma outra conta, uma conta de algum familiar pode, quiser pagar alguma dívida pode também, tudo isso pode integralmente, se houver pagamentos que sejam do total do valor depositado, podem sim transferir, o que vamos  ainda publicar é o calendário de resgate, é porque precisamos saber se o número de informais e o número de clientes da caixa econômica para saber o total a ser pago”, disse o Presidente da Caixa.

Como corrigir uma conta cadastrada errada?

“Cadastra de novo, até porque se cadastrou a conta errada, o cadastro não será válido, esse cadastro ele somente vai ser válido quando tiver uma conta no mesmo CPF dela, então isso certamente já é um problema, será identificado e não terá validado, minha sugestão, tentar cadastrar novamente, provavelmente ela será permitida no cadastro, por que o primeiro terá sido validado, em última análise em contato com alguém da caixa econômica federal, por que isso certamente isso será invalidado pela primeira tentativa dela, para que a gente tenha essa segunda tentativa e seja válido “, afirmou o Presidente da Caixa.

Está no CadÚnico e quando vai fazer o cadastro no aplicativo pede para esperar 5 dias, porque isso acontece?

“A Caixa recebe as informações e envia as informações para a DataPrev, para que possa validar essas informações e devolva essa análise para a gente, a Caixa é simplesmente o agente pagador, mas quem verifica os dados e se os dados estão regular, é a DataPrev, a Caixa não válida os dados, mas quem está no CadÚnico não precisa fazer o cadastramento, somente precisa se cadastrar no aplicativo ou no site quem é informal, quem é um trabalhador independente, microempreendedor individual, porque todos os 75 milhões de brasileiros que estão no CadÚnico, já tem a sua análise pela DataPrev e Bolsa Família, os 14 milhões serão pagos normalmente e os que são do CadÚnico fora do Bolsa família, são esses ao redor de 9,1 milhões de brasileiros que receberam após uma análise da DataPrev e de toda a base de dados do CadÚnico fora do Bolsa Família”, contou o Presidente da Caixa.

Minha mãe é beneficiária do BPC e moro com ela, estou desempregado e faço parte do CadÚnico, posso receber o auxílio?

“Sim, essa é uma análise da DataPrev e isso é muito importante, se faz parte do CadÚnico, ele não precisa se cadastrar e a DataPrev já realizou essa analise e já enviou a Caixa Econômica Federal e certamente será pago essa semana, se houver algum outro problema é porque a DataPrev analisou e verificou que por algum motivo por causa da Lei, a pessoa não pode receber, mas de uma maneira normal sim receberá, porque faz parte de CadÚnico e esta analise se enquadra sim em quem vai receber”, explica o Presidente.

Fiz o cadastro e escolhi receber pela conta digital, vou poder fazer o saque mesmo sem o cartão?

“Neste momento a conta digital permite transferência via DOC, pagamento de uma série de contas e somente poderá realizar o saque nos próximos dias em que realizaremos um calendário que ainda vamos divulgar pela questão do Covid-19, pois não queremos que dezenas de pessoas pessoas indo as agências e bancos, sacar o dinheiro, ainda vamos receber a base dos informais e com a base dos informais, a base do CadÚnico e a base do Bolsa Família, nós iremos divulgar a população quando que irão poder sacar na boca do caixa e será a partir dos meses de nascimento da mesma maneira que fizemos ano passado no saque imediato do FGTS, então poderá nós próximos dias/semanas normalmente de acordo com o mês de nascimento, para que não tenhamos nas agências e nas lotéricas da Caixa, uma aglomeração de pessoas neste momento de pandemia”, disse o Presidente.

“Nesse momento as pessoas vão poder movimentar o seu dinheiro independente de ir as agências, isso é um benefício muito grande pra população e será feita também em uma segunda etapa com as pessoas do Bolsa Família que ainda não tem conta, necessita de uma segunda etapa, quem não tiver conta, vamos oferecer conta de graça digital que são mais de 10 milhões de pessoas, nós teremos cerca de 30 milhões de brasileiros com contas digitais nesse benefício de R$600,00, todas essas pessoas com acesso a uma conta digital de graça”, comenta o Presidente da Caixa.

Gestante tem direito a receber os R$1200,00?

“Vai ser analisado pela DataPrev, a Caixa ela recebe as informações, mas quem faz a análise é a DataPrev”, diz Presidente da Caixa.

Deixe-nos saber o que achou, porque sua opinião é muito importante para nós.

Fonte: R7

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar