Uma mãe ficou indignada após seu filho, com autismo, sofrer bullyng dos próprios professores.

A mãe do garoto Kelvin, Desiree Perez desabafou em entrevista ao canal norte-americano WJAR sobre o que aconteceu.

Ela contou  que no último dia de aula do filho ela foi na escola Normandin Middle School, em New Bedford,  nos Estados unidos, buscar os trabalhos, provas, entre outras coisas do filho.

Junto com os trabalhos escolares do menino ela recebeu um certificado com o nome do menino, assinado por cinco professores escrito “Aluno com mais chances de se perder em uma multidão”.

O certificado

 

(Crédito: NBC10)

 

Desiree conta que se sentiu muito mal, porque para ela esse tipo de certificado não deveria ter sido dado nem para ele e nem para qualquer outra criança. O garoto tinha acabado de concluir o 6º ano na escola.

A mãe conta também que recebeu também o boletim do filho com boas notas, mas quando viu o papel azul ficou furiosa. Como se o ano letivo de seu filho se resumisse naquele diploma.

Enquanto Desiree estava furiosa com o prêmio, ela estava agradecida por Kelvin não entender a mensagem do certificado. Segundo ela a reação do filho ao ler o certificado foi dizer: “nunca me perco”.

Para a mãe o certificado  foi desrespeitoso. 

A escola

Depois que Desiree expressou sua indignação, ela se encontrou com o diretor da escola, que pediu desculpas pelo incidente, embora ele tenha dito que nenhuma outra ação poderia ser tomada, já que os professores já haviam saído de férias.

O superintendente de New Bedford, Thomas Anderson, também fez um pedido de desculpas a Desiree ao ouvir a situação, e está se assegurando de trabalhar com os administradores e funcionários da escola para evitar que incidentes como esse aconteçam no futuro.

De acordo com um porta-voz da Escola Pública de New Bedford, o distrito imediatamente iniciou uma investigação após ouvir a queixa de Desiree. Enquanto isso, todos os administradores do distrito estão participando de um workshop de dois dias sobre igualdade.

Deixe-nos saber o que achou, porque sua opinião é muito importante para nós.

Fonte: https://www.yahoo.com

Tradução livre: Equipe Crianças Especiais


Mãe desabafa após filho autista sofrer bullyng dos próprios professores


Post navegação


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *