Deficiência

Mãe de quadrigêmeos com deficiência passa por dificuldades e precisa de ajuda

Mãe de quadrigêmeos com deficiência passa por dificuldades e precisa de ajuda


Uma mãe de quadrigêmeos com deficiência, que cuida deles sozinha, está passando por dificuldades. Se a despesa com um filho já é alta imagine com quatro com deficiência.

Essa é a história de Linda Mar Miranda, 58 anos, de Taguatinga, no Distrito Federal  e de seus filhos, os quadrigêmeos, Marta, Davi, Rebeca e Ester. Os quatro filhos de Linda nasceram com deficiência cerebral.

As deficiências

Marta tem lesão cerebral e paralisia do lado esquerdo do corpo. Davi tem retardo mental grave, paralisia do lado direito do corpo e fala comprometida. Rebeca tem retardo mental e uma disfunção na tireoide que afetou o crescimento.

Com o quadro mais comprometido, Ester tem hidrocefalia, lesão cerebral e retardo mental grave. Ela não anda, não fala e, há 20 dias, foi diagnosticada com cisto nos ovários. Além do quadro complicado de cada um deles, Marta, Davi e Ester sofrem de convulsões constantes.

Segundo entrevista ao portal Razões para acreditar, os gastos mensais são altíssimos. Remédios, fraldas, aluguel, alimentação e muito mais que somam mais de 2 mil reais!

Além do problema financeiro, a família enfrenta outros problemas, como a falta de adaptação da casa para as necessidades dos filhos, o fato de linda ter que fazer tudo sozinha mesmo diante das suas dificuldades. Bem como o fato de Linda não conseguir trabalhar, pois, não tem com quem deixar os filhos, que necessitam de muita atenção e cuidados especiais, além dos problemas de saúde que adquiriu nesses anos de dedicação aos filhos.

O dinheiro que entra na casa da família são dois salários mínimos concedidos pelo governo à Ester e ao Davi, cujas complicações de saúde são mais severas,mas uma pequena pensão dada pelos pais dos jovens. A família também precisa de doações de roupas, alimentos e itens de higiene.

View this post on Instagram

Uma pequena doação pode mudar vidas. Nossa família precisa muito de vocês. Sempre abrimos nossa casa para receber pessoas que vem conhecer de perto nossa história. Pessoas que Deus envia para nos ajudar de alguma forma. Mostramos nossa luta diária, o que passamos juntos. São dias cansativos, difíceis. Mas sempre confiantes. Agradecemos a Deus por poder compartilhar com vocês nossa luta e superação. Todos os meus filhos são especiais com lesão cerebral que deixaram graves sequelas e precisam muito da ajuda de vocês. Tanto material como financeira. São muitos gastos, só Deus sabe o que passamos. Contamos com vocês. DOE COM AMOR e DIVULGUE Toda ajuda é bem vinda. AJUDE-NOS Caixa Econ. Agência 0008, Op. 013, conta poupança: 932857-8. CPF: 656734415-68. Linda Mar Miranda Alves OU Banco do Brasil. Agência 3602-1. Conta corrente: 26423-7. CPF: 730284011-34. Vanessa Alves da Silva. OU Bradesco: Agência: 879, conta corrente. 0033304-2. CPF: 656734415-68. Linda Mar Miranda Alves OU Banco Itaú. Agência 0479, conta corrente: 87052-9. CPF: 656734415-68. Linda Mar Miranda Alves

A post shared by Especialmente 4 (@especialmente4) on

A maternidade aos 40

 

Linda Mar foi mãe dos quadrigêmeos aos 40 anos de idade. Além deles ela é mãe de mais outros dois filhos, a Vanessa, 32 anos, e o Marcos, 35 anos. Ambos são casados e ajudam a mãe como podem.

View this post on Instagram

Um Pouco Da Nossa Historia. A rotina no nosso lar é de Luta e Superação. Há 19 anos dei a luz a Quadrigemeos, Marta, Rebeca, Davi e Ester. Todos nasceram com lesão cerebral grave. Dedicação e cuidados em tempo integral. Marta tem lesão cerebral que atingiu a parte motora, um pé mais curto que o outro. Davi tem retardo mental grave, paralisia do lado direito do corpo e fala comprometida. Rebeca tem retardo mental e uma disfunção na tireóide que afetou o crescimento e fala. Com o quadro mais debilitado, Ester tem hidrocefalia, lesão cerebral e retardo mental grave, escoliose grave. Ela não anda, não fala, totalmente dependente de cuidados. Mesmo com essa luta diária, somos uma família Feliz. Ester é 24 horas Sorrindo. São meu porto seguro. Deus e eles que me dão forças para continuar lutando. Eu só tenho a agradecer a Deus. Eles vieram ao mundo com seis meses de gestação e ficaram 150 dias internados na UTI. São Guerreiros 😭🙏 Apesar de todas as dificuldades, de financeira à saúde, só posso pedir Deus mais Força e Saúde para eu cuidar dos meus filhos. Continuar lutando por eles. São muitos os gastos, sou sozinha para cuidar deles. É imprevisível nossos dias. Dorme bem e acordam doentes. São preocupações, choro, medo, mas confio sempre em Deus. Peço encarecidamente a ajuda de todos vocês. Se meus filhos estão vivendo e sobrevivendo são porque Deus envia anjos para nos ajudar de alguma forma. Precisamos desde o básico até o financeiro. Sua ajuda muda vidas. Moramos em Brasília. Podem enviar suas doações e tem as contas para ajuda. Deus abençoe muito. PASSE PARA O LADO. CONHEÇAM MAIS SOBRE A NOSSA HISTÓRIA. DOE E DIVULGUE COM AMOR Caixa Econ. Agência 0008, Op. 013, conta poupança: 932857-8. CPF: 656734415-68. Linda Mar Miranda Alves OU Banco do Brasil. Agência 3602-1. Conta corrente: 26423-7. CPF: 730284011-34. Vanessa Alves da Silva. OU Bradesco: Agência: 879, conta corrente. 0033304-2. CPF: 656734415-68. Linda Mar Miranda Alves OU Banco Itaú. Agência 0479, conta corrente: 87052-9. CPF: 656734415-68. Linda Mar Miranda Alves

A post shared by Especialmente 4 (@especialmente4) on

O pai dos filhos a deixou quando eles tinham apenas dois meses.

Segundo Linda eles eram quíntuplos, mas uma menina morreu um dia após o parto. Eles nasceram prematuros, pesando 500g, e passaram 150 dias na UTI neonatal do Hospital Materno Infantil (Hmib).

Hoje a família passa dificuldades. Para ajudá-los basta fazer uma doação nas seguintes contas:

Caixa Econ. Ag: 0008, Op. 013, conta poup: 932857-8. CPF: 656734415-68 –  Linda Mar M. ou Banco do Brasil. Ag 3602-1 c/c 26423-7. Vanessa Alves

Qualquer ajuda é bem vinda pela família.

 

Deixe-nos saber o que achou, porque sua opinião é muito importante para nós.

Fonte: Razões para acreditar

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar