Síndrome de Down

Mãe adota bebê com Down e a fotografa com fantasias que ela mesma cria

Mãe adota bebê com Down e a fotografa com fantasias que ela mesma cria

A adoção é um ato de amor além do peito. Na maioria da vezes, quando as pessoas optam pela adoção tendem a optar por crianças “perfeitas”, que se formos analisar ao pé da letra: “não existem”.

Todavia, poucas pessoas tendem a adotar crianças com deficiência, segundo as estatísticas do CNA – Cadastro nacional de Adoção há hoje 6.353 crianças e adolescentes no cadastro, sendo que 1.225 (ou seja, quase 20%) possuem alguma doença ou deficiência.

Mais preocupante que isso é o percentual de pretendentes dispostos a adotar uma criança com essas condições. Dados do cadastro mostram que 70% não aceitam crianças e adolescentes com doenças ou deficiências. E, da parcela que aceita, a maioria só permite doenças que sejam tratáveis ou de menor gravidade.

Apenas 3%, por exemplo, se colocam como futuros pais de uma criança com HIV, 5% de uma criança com deficiência física e 3% de uma criança com deficiência intelectual.

No entanto, a fotógrafa russa Soren Sov, quando decidiu junto de seu marido, adotar uma linda garota com síndrome de Down. E, para comemorar o amor incondicional que sentem pela Lisa, a mãe apaixonada decidiu fazer um incrível ensaio com fantasias que ela mesmo criou.

Reprodução

São fantasia lindas, que ela cria, costura, prepara os cenários e fotografa.  É uma foto mais linda que a outra. E Lisa participa delas lindamente.

Reprodução

A condição de Lida não impediu que o casal de Moscou  a adotasse. Perfeição é só uma questão de perspectiva. Não espere pela criança perfeita, adote quem precise de você!

Síndrome de Down

A síndrome de Down é uma das anomalias cromossômicas mais comuns nos seres humanos, ocorrendo em cerca de um entre cada 1000 bebês nascidos em cada ano. A doença é assim denominada em memória de John Langdon Down, o médico britânico que a descreveu integralmente a síndrome em 1866.

Reprodução
Reprodução
Reprodução

Deixe-nos saber o que achou, porque sua opinião é muito importante para nós.

Fonte:https://www.hypeness.com.br

 


Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar