DeficiênciaDeficiência VisualInclusão SocialLivros e Brinquedos

Livro “O Pequeno Príncipe” ganha sua versão inédita em braille!

Livro “O Pequeno Príncipe” ganha sua versão inédita em braille!

A famosa publicação “O Pequeno Príncipe” , de Antoine de Saint-Exupéry, após mais de 70 anos de seu lançamento, em 1943, ganhou sua primeira versão em braille no dia 9 de dezembro de 2014. Apesar de já fazer muitos anos da notícia poucas pessoas sabem dessa novidade. Vocês sabiam que existia essa versão em braille?

Ele foi publicada pelo artista cego Claude Garrandes, com o apoio da Fundação da Juventude Antoine de Saint-Exupéry.

Uma das obras mais conhecidas da literatura mundial, agora também tem sua versão para pessoas cegas ou com baixa visão. Mais uma passo para a inclusão!

Contudo, atualmente, estima-se que a deficiência visual afete 39 milhões de pessoas em todo o mundo e que 246 milhões sofram de perda moderada ou severa da visão. Os dados são da Organização Mundial da Saúde (OMS), de 2019.

No Brasil, existem mais de 6,5 milhões de pessoas com deficiência visual, sendo 582 mil cegas e 6 milhões com baixa visão, segundo dados da fundação com base no Censo 2010, feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2010.

Segundo informações da União Mundial de Cegos (WBU), entidade com presença mais de 190 países, de todas as obras literárias no mundo, apenas 5% são transcritas para braille. Isso nos países desenvolvidos. Nos países pobres, essa porcentagem é 1%.

O braille permite que pessoas com deficiência visual (cegueira ou baixa visão) sejam alfabetizadas e se tornem mais independentes e autônomas. A leitura com os dedos possibilita ler embalagens dos mais diversos produtos, como também placas e botões de elevadores, lhes proporcionando também mais segurança.

Composto por 63 sinais, o braille é gravado em relevo em duas filas verticais, com 3 pontos cada uma.

Todavia, a leitura é feita com as pontas dos dedos da esquerda para a direita.

Deixe-nos saber o que achou, porque sua opinião é muito importante para nós.

Fonte:https://www.ideiasnutritivas.com


Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar