Geral

Homem com síndrome de Down desafia prognóstico médico de que não passaria dos 11 anos

Hoje em dia os prognósticos médicos de pessoas com síndrome de Down a cada dia crescem mais. Nos anos 60 a expectativa de vida de uma pessoa com síndrome de Down era de cerca de 12 anos.

Hoje, no entanto, com os avanços da medicina, atividades físicas e uma boa alimentação as pessoas com síndrome de Down chegam em média aos 48 anos, podendo até chegar à terceira idade.

Foi o que aconteceu com Joey Wittkugle. Quando ele nasceu há  62 anos atrás o seu prognóstico de vida não era dos melhores. Além da trissomia, ele tinha deficiências e problemas de saúde que levaram os médicos a dizerem para a sua mãe, Bobbi, que ele não passaria dos 11 anos de idade.

No entanto, durante toda sua vida, Joey desafiou todos os prognósticos dados a ele. Ele pôde andar, ele pôde falar e reconhecer sua mãe.

Hoje, Joey tem mais de 60 anos hoje! Muitos mais dos 11 anos dados pelos médicos como expectativa de vida.

Durante toda sua vida não faltaram dificuldades. Na época em que nasceu a uma criança com síndrome de Down era algo que acontecia de forma aberta e declarada e as pessoas com essa condição ficavam escondidas em casa.

Mas felizmente essas práticas e crenças que, mudaram muito ao longo dos anos.

Deixe-nos saber o que achou, porque sua opinião é muito importante para nós.

Fonte: News Break / Olha que vídeo


Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar