Crianças EspeciaisDeficiência

Gêmeas idênticas nascem totalmente diferentes! Entenda porque

Gêmeas idênticas nascem totalmente diferentes! Entenda porque

Quando ouvimos falar sobre gêmeos idênticos imaginamos o que? Gêmeos identicos.

Todavia, não foi o que aconteceu com as irmãs gêmeas univitelinas Sierra e Sienna Bernal do Texas nos Estados Unidos.

As irmãs de 21 anos são frutos da mesma fecundação que formou um zigoto que no início da gestação se dividiu em dois fazendo com que elas sejam duas pessoas com o DNA extremamente parecido, nasceram com diferenças físicas enormes.

Contudo, Sienna nasceu com um tipo de nanismo, enquanto sua irmã Sierra não nasceu sem essa condicao.

Elas são o único caso de gêmeos univitelinos do sexo feminino com essa diferença física que se tem registro no mundo!

Então, Sienna é quase 30 centímetros mais baixa que sua irmã Sierra! O peso das duas também é bem diferente, enquanto Sierra pesa apenas 23 quilos, sua irmã pesa 45 quilos.

Além do nanismo, Sienna também nasceu com um problema no cérebro que fez com que ela tivesse atraso em alguns aspectos do aprendizado. As irmãs relataram que as pessoas constantemente pensam que Sienna é bem mais nova do que Sierra, mesmo quando elas explicam que são gêmeas idênticas. “Nós explicamos e mesmo depois disso, as pessoas olham para a Sienna e perguntam qual é a idade dela!

Gente, nós temos a mesma idade! É assim que funciona com gêmeos e todo mundo sabe”, comentou Sierra em entrevista para a imprensa local.

Sienna também confessou que se incomoda quando as pessoas pensam que ela é uma criança. “As pessoas chegam para minha irmã e a cumprimentam normalmente e quando me veem falam como se estivessem falando com uma criança. Eu não sou uma criança, quero deixar isso bem claro. Eu tenho 21 anos”, relatou Sienna.

A mãe das garotas, Chrissy Bernal, contou que quando suas filhas nasceram, os médicos disseram que Sienna teria apenas 10% de chances de sobreviver por mais de 24 horas após o parto. “E eles ainda disseram que se ela sobrevivesse provavelmente seria um vegetal para o resto da vida!”, recorda-se a mãe.

E 21 anos depois, apesar das diferenças físicas, Sienna vive muito bem e está até escrevendo um livro para inspirar outras pessoas que também tem algum tipo de deficiência.

As duas irmãs afirmam que têm uma relação muito próxima. “Eu confesso que sou muito protetora em relação a minha irmã, o que acho que deixou ela meio mimada porque ela sabe que eu vou cuidar se aparecer algum problema”, contou Sierra.

Deixe-nos saber o que achou, porque sua opinião é muito importante para nós.

Fonte:https://bebemamae.com


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar