Odinira Cabral conheceu Daniel enquanto fazia trabalho voluntário em um abrigo para crianças. Mãe de dois filhos biológicos, ela não conseguia parar de pensar na história de vida do garoto, que tinha paralisia cerebral e sofria abusos da família até que o adotou.

 

Segundo Odinira ela já tinha dois filhos biológicos e na época, poderia ter um terceiro. Ela achava que estava com tempo de sobra. fazia tudo que tinha que fazer em casa, tudo que lhe pediam e ainda sobrava tempo.

Naquele ano ela foi trabalhar como voluntária em um abrigo. Foi lá que conheceu Daniel, um garoto que tinha paralisia cerebral. Ela cuidava dele, fazia tudo que lhe pediam dava leite, colocava a fralda nele.

A adoção

Então um dia ele foi embora. Mas Odinira tinha em seu coração que ele iria voltar,pois já tinha sido adotado por outra família e tinha sido devolvido. Um dia quando ela foi ao  abrigo encontrou-se novamente com Daniel no berço, ela teve uma sensação boa, e falou para o rapaz “você está de volta Daniel”?

Ele voltou por não se adaptar. O histórico dele era triste, havia sido devolvido outras vezes. Foi quando Odinira resolveu adotá-lo. Ela conversou com a família, seu marido e filhos aceitaram e deu tudo certo. Ao decidir adotá-lo descobriu que ela e Daniel faziam aniversário no mesmo dia: 28 de dezembro.

Segundo o irmão de Daniel o início foi complicado até ajustar a rotina dele, pois ele não falava e eles não sabiam o que ele queria e como podiam ajudá-lo. Porém, a família superou todas adversidades junta. Um ajudando o outro. Quando o irmão está em dia ruim, voltar pra casa, olhar para Daniel, dar um lar, lhe dá um alívio.

A convivência da família juntamente com Daniel foi muito importante para eles, eles aprendem muito com Daniel e Daniel com eles.

Odinira Cabral realmente é uma mulher de um coração espetacular.

Todavia, Odinira explica que eles deram um lar e não uma casa para Daniel, casa ele tinha no abrigo. Para ela Daniel trouxe mais vida a sua família. Hoje Daniel e os seus outros filhos são seu maior presente.

Deixe-nos saber o que achou, porque sua opinião é muito importante para nós.

Fonte: Yahoo


Ela adotou um adolescente especial que sofria maus tratos


Post navegação


Um pensamento em “Ela adotou um adolescente especial que sofria maus tratos

  1. Odinira é uma mulher de Deus e sua família também. Eles vão ser recompensados por essa atitude linda. Daniel é especial e precisa de amor e atenção. Parabéns Odinira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *