Moliny Freitas, uma iguatuense de apenas 18 anos,  foi aprovada no vestibular de Pedagogia da UECE –  Universidade Estadual do Ceará, no campus de Iguatu. Ela será a primeira cearense com síndrome de Down a ingressar no curso da Universidade. A jovem sempre foi exemplo de dedicação para os colegas da escola. Agora, ela vive a expectativa para o início das aulas na faculdade.

A conquista da vaga em uma instituição pública de ensino superior é mais uma demonstração de superação da jovem, que tem síndrome de Down. Este foi o primeiro vestibular que Moliny fez.

“Sou inteligente e não desisti dos meus sonhos. Aprender a ler e a escrever foi a primeira grande superação que tive”, lembra. A estudante conta que escolheu Pedagogia para poder alfabetizar Samuel, seu sobrinho e afilhado.

Moliny considera fundamental o apoio recebido pela escola. “Os professores me incentivaram a estudar, a chegar à faculdade e à ser alguém na vida. A diretora Claudia me motivou a ser alegre e ajudou em várias ocasiões. Os colegas eram legais comigo, me ajudaram fazer um grupo na feira de profissões, nos seminários, e ajudavam os especiais a ler e a escrever também”, destaca.

Deixe-nos saber o que achou, porque sua opinião é muito importante para nós.

Fonte: www.seduc.ce.gov.br

 


Curso de Pedagogia da UECE terá primeira aluna com síndrome de Down

Post navegação


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *