Companhia aérea irlandesa expulsa autista de avião por causa de uma boneca, após mãe se recusar pagar taxa extra de bagagem de mão pelo brinquedo que o filho transportava e queria levar ao colo durante o vôo.

O fato aconteceu com Leo, um garoto autista severo, de 15 anos. Ele e sua mãe foram expulsos, de um vôo da companhia aérea Ryanair, após a companhia querer cobrar deles uma taxa extra pela bagagem de mão do rapaz. Leo só queria levar uma boneca com ele no colo durante a viagem.

O vôo fazia a ligação entre Alicante, Espanha, e o Reino Unido.

Ryanair

A Ryanair é uma companhia aérea de baixo custo irlandesa com base em Dublin, República da Irlanda. No entanto, desenvolve a maioria das suas operações a partir do Reino Unido, com base no Aeroporto de Londres Stansted. É atualmente a maior companhia aérea da Europa no setor de baixo custo.

O caso ficou conhecido depois de a mãe, Helen Estella, ter denunciado, por meio de uma publicação na rede social Facebook, a forma como ela e o filho foram escorraçados do avião.

Depoimento

HE’S FINALLY ON THE PLANE! This is my son Leo he is 15 he has severe autism and the mental capacity of a 3 year old…..

Posted by Helen Estella on Saturday, April 27, 2019

“Ele está finalmente no avião! Este é meu filho Leo, ele tem 15 anos, ele tem autismo severo e a capacidade mental de uma criança de 3 anos. Esta noite a Ryanair se recusou a  nos deixar voar para casa, porque ele ficou angustiado quando não o deixaram levar sua boneca e ainda exigiram o pagamento por ela bagagem .. A polícia foi chamada e 4/5 deles o cercaram no aeroporto de Alicante .. Eles o tocaram fisicamente sem seu consentimento e pegaram sua boneca que causou seu colapso. Se eles tivessem alguma consciência sobre o autismo, saberiam que isso sempre se transformaria em um colapso. Assistência especial foi solicitada, já que nem todas as deficiências são visíveis, mas nos disseram não, pois segundo a Ryanair Leo pode andar. Ele teve que ser levado para a área médica do aeroporto e medicado porque ficou muito angustiado. A Ryanair carregou a bagagem e não nos forneceu  outra maneira de chegar em casa, encolhendo os ombros, dizendo que não havia vôos até a próxima terça-feira. Em desespero, seu cuidador foi até a mesa do Jet2 para implorar por ajuda e eles foram excelentes.

Anna e Mark eram excelentes funcionários da equipe do Jet2. Eles ficaram com Leo quando compraram novos ingressos na recepção e ficaram sentados no chão com ele, já que ele estava com tanto medo de embarcar no avião, eles ficaram tentando acalmá-lo. Ele estava em uma cadeira de rodas neste momento devidoaos medicamentos dados a ele.

A outra mulher nas fotos é Ellie e ela é da tripulação da cabine Jet2 .. ela se sentou no chão acalmando-o e ela está colocando seus bebês para a cama para ele e falando com ele, o que irá mantê-lo calmo .. ela foi incrível ..

Este item de boneca de plástico que ela tem em seu joelho é o que RYANAIR queria cobrar e tirar dele, seu cuidador nem recusou o pagamento! No momento do embarque, nem todos os bonecos foram comprados após o evento para ajudar a acalmá-lo antes de tentar colocá-lo no voo do jet2. O que é ainda mais inacreditável é que o cuidador usava o cordão reconhecido, que é usado para alertar os funcionários do aeroporto para uma deficiência não visível!

Jet 2 eu não posso agradecer o suficiente para levar meu menino deficient vulnerável para casa .. e tratá-lo com gentileza .. dignidade e respeito, e mais de todos os tempos .. crianças autistas precisam de tempo extra de processamento .. não da polícia espanhola o ameaçando com injeções! As ações ignorantes da Ryanair e do pessoal de terra aumentaram esta situação. Até mesmo o Capitão Jet2 veio verificar o bem-estar de Leo … e um agradecimento especial ao gentil cavalheiro que estava viajando com suas filhas, que ofereceu uma ajuda muito apreciada.

Por favor, aceite meus agradecimentos do fundo do meu coração.

Eu não vou mais viajar com essa companhia aérea novamente … na minha opinião, eles são movidos por ganância absoluta e, neste caso, sem humanidade, e pretendo acompanhar este incidente.

Por favor, todos compartilham isso para mim, eu ficaria muito grats e realmente quero mostrar o nível de compaixão e excelente serviço ao cliente Jet2 têm mostrado”.

Por mais empresas como a Jet 2 que acolheu a família depois desse terrível incidente e os tratou com dignidade.

Deixe-nos saber o que achou, porque sua opinião é muito importante para nós.

Fonte: www.tvi24.iol.pt/


Companhia aérea irlandesa expulsa autista severo de avião por causa de uma boneca


Post navegação


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *