Deficiência VisualGeral

Com síndrome rara, jovem é a mais nova advogada de Teresina

Com síndrome rara, jovem é a mais nova advogada de Teresina

 

Uma jovem com uma síndrome rara superou todos os obstáculos e graduou-se em Direito, em Teresina, no Piauí, em agosto de 2018. E  recentemente, foi aprovada no exame da Ordem dos Advogados do Brasil.

Renata, conhecida como Renatinha, tem uma síndrome rara conhecida como Mucopolissacaridose tipo VI e além de ser deficiente visual.

Em razão de sua condição não pode andar sozinha na maioria dos ambientes. É necessário que alguém a conduza. Mas mesmo assim, decidiu cursar Direito. Para graduar-se teve que encarar inúmeras leis e códigos, provas imensas e peças processuais, a maioria dos materiais sem qualquer acessibilidade.

Mesmo diante de todas adversidades, ela tirou de letra. Mas teve que ter muita boa vontade e o apoio de sua  família.

Sua mãe lia todos os livros da faculdade pra ela, assim como as leis e todos os materiais necessários para as provas e, ainda, frequentava algumas aulas e revisões quando as duas tinham dúvidas sobre alguma matéria.

Além disso, a Renata gravava todas as aulas para escutar depois. Resultado: as notas de Renata sempre eram as maiores e era destaque da turma. Seu TCC foi aprovado com nota máxima, com louvor.

Renata não desiste nunca, essas conquistas são apenas algumas de muitas outras que estão por vir.

Deixe-nos saber o que achou, porque sua opinião é muito importante para nós.

Fonte: Razões para acreditar


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar