Uma garotinha de Northallerton, North Yorkshire, no Reino Unico nasceu com um cabelo aparentemente normal preto e grosso, mas de repente o cabelo começou a mudar drasticamente, ficando loiro e arrepiado.

Foi o que aconteceu com Wynter Seymour. Ela tem a síndrome do cabelo impenteável, uma condição rara que faz com que os fios de seus cabelos fiquem constantemente arrepiados. Acredita-se também que é a mesma condição que tinha o físico Albert Einstein. Cerca de apenas  100 pessoas tem essa síndrome no mundo.

A família age de forma natural em relação a condição da menina. A aparência curiosidade rendeu o apelido de “Chucky” conforme relatado pela mãe dela Charlotte Seymour.

Segundo relato da mãe de Wynter o cabelo dela é maluco. É possível passar um pente pelos fios.  Para ir para a escola a mãe apenas prende um coque para o cabelo não atrapalhar. A mãe diz que o cabelo da menina quando está preso parece um boneco Troll, mas prefere mantê-lo assim para evitar qualquer processo doloroso para a menina.

Na escola ela recebe muita atenção por causa do cabelo e pessoas perguntam ‘o que há de errado com o cabelo dela’, mas a Wynter não se incomoda. Ela já aceitou o cabelo e acho que ela gosta da atenção, contou Charlotte.

Wynter têm mais duas irmãs de 10 e 9 anos, que não tem que lidar com essa mutação genética.

O cabelo

Charlotte tentou por um tempo arrumar os cabelos da filha, para não acharem que a menina era mal cuidada, mas os procedimentos só chateavam menina. Foi quando a mãe optou em não mais tentar domar os cabelos da filha. Após pesquisas Charlotte  encontrou o termo “síndrome de cabelo impenteável”, e foi quando descobriu o problema da filha mais nova.

Tofdavia, a menina foi ao médico, que confirmou o diagnóstico, mas não quis dá-lo de forma oficial. Para haver a confirmação seria necessário que a menina fosse examinada , no entanto, já que a condição é inofensiva para a saúde da criança a mãe optou por não dar contibuidade na confirmação do diagnóstico.

Por fim, a família conduz a condição rara de Wynter de forma leve. No último dia da bruxas a garota se vestiu de Chuck, do filme Boneco Assanino. Sua fantasia rendeu muitas risadas por onde passava. Para a família levar as situação na brincaderia foi a melhor maneira que encontraram para Wynter lidar com sua condição.

 

Deixe-nos saber o que achou, porque sua opinião é muito importante para nós.

Fonte: www.mirror.co.uk

Foto: Kennedy News and Media

 


Com apenas 7 anos garotinha tem cabelo “impenteável” por causa de condição raríssima


Post navegação


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *