DeficiênciaDeficiência Física

Cadeiras de praia para crianças com mobilidade reduzida

Cadeiras de praia para crianças com mobilidade reduzida

 Reprodução 

Em 2019, Matosinhos, em Portugal ostenta a Bandeira “Praia Acessível” em oito de suas praias. Dez anos depois do início da implementação deste programa na cidade e no país.

As praias de Agudela, Angeiras-Sul, Cabo do Mundo, Leça da Palmeira, Marreco, Memória, Pedras do Corgo e Quebrada, permitem o deslocamento dos cidadãos com mobilidade reduzida na areia e o acesso a banhos, por meio de uma cadeira anfíbia (tiralô).

A cadeira é um pouco diferente da que existe no Brasil. A cadeira anfíbia usada no país é mais deitada, com rodas grandes, permitindo que, principalmente, pessoas com tetraplegia, possam ter acesso ao mar com segurança.

Reprodução: Paraná Expresso

Já a cadeira portuguesa é mais sentada, como se fosse uma cadeira de rodas. Essas cadeiras são adaptadas a pessoas com mobilidade reduzida, em idade adulta (peso até 130 kg). A Câmara Municipal de Matosinhos foi mais longe.

Assim, numa parceria com a Associação More Moving Moments (MMM), foram colocadas duas cadeiras, nas praias do Marreco e de Leça da Palmeira, destinadas especificamente a crianças entre os 27 e os 40 kg, permitindoo deslocamento na areia sem que haja dificuldade e ter fácil acesso à água.

Essas cadeiras estão disponíveis  apenas nas praias da cidade de Matosinhos, em Portugal.

No futuro, esta solução poderá ser replicada em outras praias de Portugal e quem sabe no Brasil.

Aparentemente com um custo menor, poderia ser colocada a disposição em mais praias.

Deixe-nos saber o que achou, porque sua opinião é muito importante para nós.

Fonte:https://www.leca-palmeira.com

Capa:  Créditos: Manuel Mendes DR


Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar