Autismo

Após salvar neto autista de incêndio mulher falece queimada


O que uma avó é capaz de fazer por um neto? Tudo, até arriscar sua própria vida.

Foi o que aconteceu em Campo Mourão, no estado do Paraná, quando uma mulher de 65 anos faleceu após a casa dela ser destruída por um incêndio.

Antes da casa ser consumida pelo fogo, de acordo com o Corpo de Bombeiros, a avó conseguiu salvar o neto, de 4 anos, que é autista, antes da casa ser consumida pelas chamas. A razão do fogo ter se propagado tão rapidamente é que a casa era de madeira.

Após salvar o neto ela retornou a casa para pegar alguns pertences quando não conseguiu mais voltar. Segundo um vizinho da mulher ela tentou retirar o colchão que estava pegando fogo, ele até tentou ajudar empurrando para fora do quarto, mas o objeto ficou preso na porta, com a mulher dentro.

Ela foi consumida pelo fogo e acabou vindo a óbito.

“Nessas situações, às vezes dá um desespero de perder dinheiro, carteira, documentos, e acaba voltando para o imóvel. Mas, as pessoas não têm noção da velocidade da propagação do fogo, principalmente nesses casos, casa de madeira com tinta à base de óleo. Às vezes, até a fumaça acaba matando”, explicou o aspirante do Corpo de Bombeiros.

As causas do incêndio serão investigadas, mas a suspeita é de que as chamas começar no colchão que a mulher tentou retirar do imóvel.

Deixe-nos saber o que achou, porque sua opinião é muito importante para nós !

Fonte:G1



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar