Autismo

Anos após perda do filho autista John Travolta publica desabafo emocionante

Anos após perda do filho autista John Travolta publica desabafo emocionante

A perda de um filho é uma dor irreparável. Para os pais que perdem seus filhos inesperadamente é ainda pior.
O ator John Travolta e sua esposa Kelly Preston perderam Jett aos 16 anos quando o rapaz bateu a cabeça, após uma crise convulsiva, durante uma viagem que toda a família realizava na véspera do Natal.

Ele era autista e frequentemente tinha convulsões. A família fazia de tudo para que o rapaz tivesse uma vida dita normal.
O rapaz  completaria 27 anos esse ano. A dor é tanta que o ator sempre lembra do rapaz. Com isso, ele fez um post em seu Facebook falando do filho.
Confira o post do ator:
“Não há nada que dói mais na vida, como perder um filho, uma criança que você recebeu com tanto amor quando ele veio ao mundo, a quem você criou e observou todos os dias enquanto crescia e aprendia. Alguém que te ensinou a amar incondicionalmente e a quem você mostrou o mundo. Definitivamente perde-lo é a pior coisa que pode acontecer com alguém. Um filho acaba sendo tudo, os 16 anos que compartilhamos foram realmente maravilhosos, mas sinto que precisamos de muitos anos mais. Todos os dias devemos dizer às pessoas que amamos o quão especial e importante são em nossas vidas, porque a vida não perdoa, é muito curta e o tempo passa rapidamente. Vamos nos dar tempo suficiente para compartilhá-lo em família, trate bem, com amor, com tolerância e esteja lá quando for necessário. Um dia, quando o tempo passa, se dará conta de que já não estão mais lá e não haverá maneira de traze-los de volta. O que eu realmente aprendi é que você tem que viver e amar como se fosse o último dia. Porque um dia, será o último”.
“Vive a vida e aproveite todas as oportunidades que vem à sua frente. Nunca desista do amor e nem se feche a ele. Lute pelos seus sonhos e nunca pense que a vida não vale a pena, porque aqueles que já não estão hoje, desejariam voltar e, infelizmente, isso é impossível”
“Acreditei sinceramente que não sairia do poço escuro em que caí ao perder meu filho amado, melhorar me custou muito, mas continuo querendo e lutando todos os dias para não me derrubar”, desabafou Travolta.
Deixe-nos saber o que achou, porque sua opinião é muito importante para nós.
Fonte:

Um Comentário

  1. Toda perda e uma perda….porem em se tratando se um filho e incalculavel essa dor, mas prrvisa.os seguir em frente acreditando que Deus tem um plano para cada um de nos, e que swu filho se foi, mas atendeu ao chamado Divino para que dessa forma dw alguma maneira isso favorecesse vv e toda sua familia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar