Uma escola do Balneário Camboriú, em Santa Catarina teve uma ideia muito interessante e inclusiva. Tendo em vista que, quatro alunos do Centro de Educação de Jovens e Adultos (CEJA) são surdos,  a escola decidiu pintar o muro com o alfabeto em LIBRAS. O responsável por ‘levar o projeto para o muro’ foi o artista Luis Felipe Berejuk.
Segundo Anaí Baldi, diretora do CEJA, o objetivo com a pintura seria incluir de uma forma mais efetiva os quatro alunos surdos e incentivar que os outros 780 estudantes conhecessem esse mundo, além de toda a comunidade da cidade e da região.

Segundo Anaí, já é possível perceber uma ótima interação do público com o local, não só dos estudantes como de quem passa pela frente da escola.

“Os nossos alunos surdos se emocionaram, adoraram. Eles se sentiram acolhidos e respeitados. Temos muito orgulho de ser a primeira escola da região a fazer um trabalho do tipo. O CEJA tem só quatro alunos que usam a LIBRAS para se comunicar, mas há outras instituições com muito mais, por isso queremos ser os precursores, para que outros locais abracem essa causa”, ressalta a diretora.

A ideia para o futuro é oferecer um curso de LIBRAS na escola. Ação que deve ser articulada junto ao governo do Estado em breve.

A escola hoje têm  780 alunos, divididos em três turnos: manhã, tarde e noite. Além do Balneário Camburiú, a escola atende outras cidades da região e a unidade prisional. O Centro recebe pessoas a partir dos 18 anos que desejam concluir o Ensino Médio.

Veja como ficou lindo o muro

 

Deixe-nos saber o que achou, porque sua opinião é muito importante para nós !

Fonte: https://www.pagina3.com.br


Escola do Balneário Camboriú inova e apresenta muro em LIBRAS


Post navegação


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *