Inclusão SocialSíndrome de Down

Emocionante! Pagens e daminhas com síndrome de Down surpreendem noiva em seu casamento

Sabe aqueles vídeos que são tão emocionantes que nos arrepiam? Esse é um deles!

Trata-se da cerimônia de casamento do casal Cíntia Bonfante Pereira e José Vitor Flach, que após dois anos de namoro, decidiram se casar. Ocorreu no dia 14 de março de 2020, na Igreja São Pelegrino, em Caxias do Sul, Rio Grande do Sul.

O sonho da noiva

Cíntia é fonoaudióloga há 8 anos e desde o período da faculdade, ela sempre atuou na área da linguagem e da neurologia. Ela sempre se encantou com o estudo do cérebro e o quanto conhecer bem o seu funcionamento interfere na qualidade de atendimento às pessoas que a procuram.

Desde o princípio da sua carreira, atende pessoas com deficiência. Seus pacientes costumam iniciar os atendimentos fonoaudiológicos com ela desde cedo, a partir dos 2-3 meses de idade. Este período inicial da vida, é quando o cérebro ainda está em desenvolvimento e é neste momento que o estímulo precoce adequado é capaz de mudar as conexões entre os neurônios no cérebro. Com isso, minimiza-se déficits futuros, melhorando qualidade de vida e garantindo o melhor desenvolvimento cognitivo, comunicativo e motor oral destas crianças.

Devido ao seu amor pela profissão, Cíntia sempre sonhou em ter seus pacientes no seu casamento. Por isso, entrou em contato com o cerimonial da igreja, pedindo para tê-los como pajens e daminhas. Porém, o padre dizia não ser possível, porque seriam muitas crianças – Mas ela não sabia que na verdade havia sido o noivo que tinha pedido para igreja dizer isso à ela.

A Surpresa

Tudo porque José Vitor, estava planejando uma grande surpresa para a sua futura esposa. Ele buscou comentários e publicações dos familiares de seus pacientes na rede social de Cíntia.

Assim, o noivo conversou com essas mães e organizou um grupo no WhatsApp para poder organizar a surpresa.

Os pais que queridos!! Foram super legais, se dedicaram muito para fazer com que esse dia fosse muito especial. Ele me contou que no dia do casamento eles tiveram um problema com o carrinho que eles iriam utilizar. Então ele informou no grupo do whatsapp que as mães das crianças que ainda não caminhavam teriam que levar o filho no colo. Mas elas disseram que dariam um jeito, ainda mais que era no dia do casamento. Ele estava super nervoso e as mães foram super legais de ajudar e poupá-lo neste dia.” contou Cíntia.

Arquivo Pessoal

O vídeo feito por Edson Cardoso onde as crianças entraram trazendo as alianças, viralizou. Já teve mais de 2,5 milhões de visualizações no Facebook e mais de 90 mil compartilhamentos, chegando até em outros países.

No vídeo é possível ver as crianças entrando na igreja na hora das alianças. Arthur entrou com as alianças e estava de mãos dadas com Celina. Atrás deles entraram na sequência: Júlia, Lia Sara e Valentina. E no carrinho estavam Lucas e Heitor.

 

Um fotógrafo especial

Para fazer parte da equipe de fotografia de Silas Abreu, Cíntia convidou João Vicente. Um jovem com síndrome de Down, fotógrafo. “Ele tem uma questão por detalhes que eu acho muito interessante e no casamento seria legal ter o olhar dele expresso nas fotos” disse Cíntia

Fotógrafo: Silas Abreu – Arquivo pessoal Cíntia

Me emocionou a sensibilidade e respeito que Silas recebeu o João como parte de sua equipe. Mostrou como são feitas as fotos de um casamento e outros detalhes relacionados ao trabalho, porque João nunca tinha realizado este tipo de fotos. A melhor parte de tudo, segundo Cíntia, foi que ele se sentiu incluído de verdade pela equipe, sendo tratado da mesma maneira que os demais fotógrafos. E isso faz toda a diferença na vida das pessoas com deficiência. Porque muitas vezes o que eles precisam é apenas terem a oportunidade de mostrarem suas capacidades e habilidades.”

Arquivo Pessoal

Agradecimentos

Cíntia sente-se muito agradecida a equipe da igreja São Pelegrino de Caxias que ajudou muito seu noivo a realizar esse momento mágico. A cerimonialista, Carol Polly que deixou tudo perfeito, maravilhoso e foi tão presente para nos ajudar em todos os momentos.

A empresa das flores FW, que fizeram tudo com tanto carinho e também fizeram os arranjos da cabeça para as crianças. Os músicos, que tornaram a cerimônia ainda mais linda e emocionante. Ao noivo que fez e faz tudo para fazê-la feliz e que a encanta pelo tamanho do seu coração. Sua sensibilidade é tão linda que a emociona muito.

Eu li um comentário que fizeram no vídeo e escreveram: É lindo como ele ama tudo que ela ama!!O respeito e o amor vão sempre guiar este casal. E é realmente isso. Ele é uma pessoa muito especial e eu não consigo imaginar alguém mais perfeito para mim do que ele. Amo ele mais que tudo nesse mundo e não tenho como agradecer tudo que ele fez para tornar o nosso dia ainda mais especial. “ Cíntia comentou.

Arquivo Pessoal

E claro, agradecer às crianças e suas famílias: “Fico feliz que conseguimos mostrar às crianças e às suas famílias o valor que eles têm e o valor que eu sinto que eles têm, então foi muito legal, a gente parou o casamento praticamente para conversar com as crianças no altar, sentadinhas olhando, muito lindo, super educados, super organizados, muitas vezes as pessoas acham que eles não são capazes, no fim é só dar oportunidade, é isso que eu penso concluiu Cíntia.

Arquivo pessoal

Deixe-nos saber o que achou porque sua opinião é muito importante para nós.

Material autoral Equipe Crianças Especiais.

Veja mais:

Alunos com síndrome de Down são convidados para o casamento de sua professora

 


Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar