Síndrome de Down

Como meias com sola podem colaborar no desenvolvimento de uma criança com Down?

Meias com solado podem colaborar no desenvolvimento de uma criança com Down

A síndrome de Down é uma condição genética que afeta o desenvolvimento da criança principalmente na parte motora. Uma característica da síndrome é a hipotonia muscular, a diminuição do tônus muscular, que envolve a redução da força muscular.

Geralmente, a hipotonia muscular é considerada uma das principais causadoras de alterações motoras nas crianças com  síndrome de Down. Isso porque ela tende a diminuir a exploração do ambiente e o desenvolvimento de habilidades motoras.

Por isso, as crianças com síndrome de Down na maioria das vezes mais para alcançar os marcos de desenvolvimento motor, como virar, sentar, engatinhar, etc. E é importante dizer que a criança se desenvolve como um todo, assim, uma dificuldade motora vai afetar diretamente todos os outros campos de desenvolvimento.

As meias no dia a dia

O relato de Emiliana, mãe de Caleb, de 1 ano e 7 meses com, síndrome de Down chamou a atenção de uma empresa fabricante de meias.

View this post on Instagram

Dê uma legenda para esta foto.

A post shared by Calebe Castro (@castro_calebe) on

Emiliana em depoimento para a empresa que as meias de solado de uma determinada marca fazem parte da vida do meninos desde  que ele iniciou seus primeiros passinhos.

“Devido a hipotonia muscular, os músculos e articulações do Calebe são muito “molinhos” e isso não é diferente nos seus pés. Por isso, e também por recomendação da fisioterapeuta eu procurei as meias dessa marca”, conta Emiliana.

“As meias com sola são emborrachadas, dando mais firmeza no passo, e também oferecem a sustentação para o pé sem perder a flexibilidade. A sustentação oferecida pela meinha com sola é especialmente importante, mas ainda tem mais: As meias com sola também são uma solução para o problema “tamanho do pé vs fase de desenvolvimento motor”, finaliza a mãe.

Os pés das crianças com síndrome de Down são menores em relação aos pés de uma criança típica da mesma idade. Isso quer dizer que uma criança como no caso,  o Calebe tem 1 ano e 7 meses, mas seus pés são do tamanho de um bebê típico de 9-10 meses (tamanho 18). Como os sapatinhos são desenhados para atender as necessidades de cada fase, os sapatinhos tamanho 18 não são os mais adequados para uma criança de quase dois anos começar a andar. Como a customização de sapatos é pouco acessível, as meinhas com sola são ideais para o caso”.

Estimulação precoce e outras intervenções

As meias com sola colaboram  para o desenvolvimento das crianças com Down, mas a estimulação precoce é primordial para um melhor desenvolvimento. A estimulação de crianças com essa condição deve ser feita o quanto antes, para que consigam vencer as limitações e descobrir suas potencialidades.

Como recomendação as famílias de crianças com síndrome de Down, Emiliana conta que as melhores opções são as meias de bichinhos em razão delas chamarem a atenção e despertar a curiosidade da criança. Além das habilidades cognitivas e sensoriais estimuladas pelo personagem da meia, os bebês também se esticam e se esforçam para alcançar o bichinho, desenvolvendo também o aspecto motor.

Cada criança é única e precisam descobrir suas potencialidades. Cabe aos pais e responsáveis, bem como todo a rede de apoio da criança, a estimular sempre com muito carinho.

View this post on Instagram

Vamos fazer fisioterapia na girafa! @feres.fernanda

A post shared by Calebe Castro (@castro_calebe) on

Emiliana compartilha a rotina de Calebe em seu Instagram, e mesmo em posts antigos é possível ver o menino com as meias.

Em caso haja curiosidade em relação a marca da meia, ela está citada na fonte.

Deixe-nos saber o que achou, porque sua opinião é muito importante para nós.

Fonte:http://blog.pimpolho.com.br


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar