Legislação

Calendário da 2ª parcela do Auxílio Emergencial é publicado. Confira as datas

Por meio da Portaria nº  386, de 14 de maio de 2020 foi publicado, o aguardado calendário da 2ª parcela do auxilio emergencial.

Os pagamentos começam na próxima segunda-feira (18) e seguirão até 13 de junho. Em relação ao calendário da terceira parcela, que estava prevista para maio, ainda não há definição.

O calendário da segunda parcela também vale apenas para quem recebeu a primeira parcela até 30 de abril. O governo não informou quando vai pagar a segunda parcela para quem receber a primeira depois desta data.

Hoje, as 15h haverá uma coletiva para maiores detalhes.

Mudanças no recebimento

A portaria que definiu o calendário também alterou a forma de recebimento dos recursos pelos dos trabalhadores: a segunda parcela será depositada em poupança digital na Caixa para todos.

Esses recursos vão poder ser usados, inicialmente, apenas digitalmente (para pagamentos de contas, boletos e compras por meio de cartão de débito virtual)

A partir de 30 de maio (confira o calendário 3 abaixo), a Caixa começa a liberar saques e transferências a partir dessas contas. Para os trabalhadores que receberam a primeira parcela em outra conta, o dinheiro que ainda estiver na poupança digital será transferido automaticamente nas datas desse mesmo calendário.

Mudanças no uso da poupança social

De acordo com a portaria, os trabalhadores não poderão transferir os recursos da segunda parcela do Auxílio Emergencial depositados em conta poupança digital da Caixa no primeiro momento. Eles deverão aguardar o calendário para saque que só iniciará dia 30 de maio.

No pagamento da primeira parcela, a Caixa permitiu que os usuários do aplicativo Caixa TEM, pudessem ja no primeiro momento já transferir o valor. No entanto, com a Portaria, essas transferências poderão acontecer muitos dias depois.

No primeiro momento, a partir de 18 de maior os valores “estarão disponíveis apenas para o pagamento de contas, de boletos e para realização de compras por meio de cartão de débito virtual.” As transferências serão liberadas nas mesmas datas dos saques, apenas a partir do dia 30.

São 3 calendários:

 

1. um para recebimento em poupança social

2. um para saque em espécie para beneficiários do Bolsa Família

3. um para saque em espécie para poupança social e transferência de recursos

Para quem recebe o Bolsa Família, o calendário é diferente, sera mantido o calendário do programa. Os beneficiários vão receber nas mesmas datas e da mesma forma em que recebem esse benefício, a partir do dia 18 de maio de acordo com Número de Identificação Social (NIS) 1.

Fonte: G1


Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar